Vice-campeã na Copa Chile Internacional, Roberta Stopa enfrenta novo desafio neste domingo, 09

A primeira das três disputas da biker juizforana até o final do mês é a Taça Brasil de Cross Country 
Roberta Stopa em Santiago (foto: arquivo pessoal)
Após ser vice-campeã na Elite Feminina da Copa Chile Internacional em fevereiro, em Santiago, e conquistar 15 pontos na competição, que é válida pelo ranking internacional (UCI), a biker juizforana Roberta Stopa (Damatta / Dabomb / X-Fusion) mantém o ritmo intenso de treinos para cumprir uma série de provas até o final do ano e chegar cada vez mais perto do sonho de participar das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.Agora em março ela enfrenta pelo menos três disputas, a começar pelas 5 voltas (com 5.200 metros cada) da Taça Brasil de Cross Country, que acontece neste domingo, 09, na cidade paranaense de Campo Largo, e também conta pontos pelos rankings nacional e UCI de MTB.

“O ciclo olímpico começa agora. Já ganhei essa etapa e o Campeonato Brasileiro também. Terminei meu período de base há umas três semanas, com os ‘mauzão’ de Juiz de Fora, e estamos na fase específica e preparatória. É quando gosto de fazer uns treinos com os meninos, que são bem mais fortes e tem um ritmo bem mais puxado”, revela Roberta, se referindo aos atletas e amigos com quem mantém treinos constantes na cidade natal.
A ciclista, fazendo bonito na Copa Chile
(foto: arquivo pessoal)
Surpresa, gratidão e reconhecimento
A ciclista profissional lembra como foi sua primeira experiência na Copa Chile, que trouxe muitas surpresas, como a disputa de apenas quatro das cinco voltas previstas para a prova. “Isso mesmo… o comissário responsável pela competição fez com que parássemos antes, alegando que a categoria masculina já havia acabado a prova. Estava disputando com uma atleta quando isso aconteceu e terminei em 3º geral e 2º na elite”, com 1h32min30s.
Para concluir, Roberta faz questão de destacar o apoio dos amigos e os resultados de outros atletas no circuito chileno. “Quero agradecer o carinho e a torcida de todos. Parabéns aos brasileiros que estiveram lá e fizeram bonito. Viemos em cinco e todos subiram ao pódio (Henrique Avancini, Rubens Valeriano, Sherman de Paiva e Raiza Goulão). O ano está apenas começando e o foco continua”.Clique AQUI para conferir todos os resultados da Copa Chile Internacional.

Pela frente
As próximas provas da biker em março são dentro do próprio estado – dos dias 21 a 23, na Copa Internacional de MTB (CIMTB), em Araxá, e de 27 a 30, no Panamericano de Mountain Bike, em Barbacena. Além de ser campeã brasileira nas modalidades XCO (cross country) e XCM (trip trail) e acumular vários títulos importantes, Roberta já participou de quatro mundiais, nove panamericanos e duas copas do mundo.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *