Corrida e Hidratação

Slim young woman drinking water after training

Imagem: Reprodução / Corra Melhor

Nosso corpo é constituído por 60% de água, e precisamos dela para viver. Uma hidratação apropriada permite que nosso organismo funcione direito. O coração bombeia melhor o sangue, o corpo se mantém mais fresco e os músculos recebem a energia de que precisamos para correr. A corrida é uma das práticas esportivas mais desgastantes e que mais exigem cuidados com alimentação e hidratação. Os danos que o excesso de perda de peso durante essas provas pode trazer vão além das câimbras e dores musculares.

A rotina de um corredor consiste em planilhas de treino, suplementação nutricional, boa alimentação, fortalecimento muscular e hidratação. Entretanto, podemos observar que os corredores, principalmente os iniciantes, ignoram essa necessidade. A desidratação não é aliada da melhor performance do corredor e pode levar de um pequeno desconforto até mesmo ao óbito, em graus elevados. Considera-se desidratação quando ocorre redução de 2% ou mais de peso corporal.

O objetivo principal da reposição hídrica é restabelecer o volume sanguíneo para que o controle da temperatura possa ser normalizado. Geralmente, perde-se 1 litro por hora de corrida. A ingestão hídrica é capaz de retardar o desenvolvimento da desidratação; evitar o aumento do fluxo sanguíneo cutâneo; manter a temperatura corporal; retardar o aparecimento da fadiga.

corrida e hidratação isotônico - rep swimex

Imagem: Reprodução / Swimex

A bebida ideal é aquela que proporciona uma ótima reidratação, com diminuição na formação e eliminação de urina. Na teoria, em provas até uma hora, não é necessário ingerir outros líquidos além de água. Entretanto, as bebidas esportivas, pela adição do sódio, aumentam a “vontade de beber” e, por isso, podem ser ingeridas em qualquer tempo de treino.

A grande importância das bebidas esportivas está nas provas com tempo superior a uma hora. Estudos demonstram que, em provas muito longas, pode ocorrer um fenômeno chamado “hiponatremia”. Por isso, é importante que se ingira soluções contendo sódio.

O American College of Sports Medicine recomenda beber pelo menos dois copos de 230ml de água no espaço de duas horas antes de correr. Já a National Athletic Trainers’ Association (NATA) sugere beber de 500ml a 575ml de água ou isotônico duas ou três horas antes da corrida e mais 200ml vinte a dez minutos antes de correr. O que realmente importa é sempre manter a hidratação pré, intra e pós-treino, evitando, assim, uma desidratação.

Vamos nos cuidar, e bora praticar saúde!

Prof. Pedro Paulo Duarte Souza
Especialista em Treinamento Esportivo pela UFMG
CREF 008002-G/MG, Tel:  (32) 9982-9309
personal.pedro.paulo@gmail.com

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *