Corrida x Varizes

corrida e varizes - rep shutterstock - terra

Imagem: Reprodução / Shutterstock / Terra

A corrida pode ajudar o piorar os problemas de varizes – aqueles vasinhos que aparecem nas pernas? Sim, elas podem ser evitados com hábitos saudáveis, como a corrida e a caminhada.

Quando efetuamos os treinos mais prolongados ou somos submetidos a qualquer atividade que nos obrigue à posição estática durante um razoável período de tempo, é natural que comecemos a sentir como que um grande peso nas pernas, acompanhado de uma certa fadiga muscular.

O acúmulo de sangue nas extremidades dos membros inferiores e a lentidão com que ocorre retorno venoso são os grandes responsáveis pelos transtornos circulatórios, dificultando o ato da corrida e contribuindo para que o esforço seja muito menos agradável.

Alguns fatores contribuem para o surgimento das varizes, como a hereditariedade, o tabagismo, a obesidade, o sedentarismo ou a permanência da pessoa em pé por longos períodos. A causa é o mau funcionamento das válvulas que são responsáveis por bombear o sangue pelas veias de volta ao coração. Quando não flui adequadamente, o sangue acaba se acumulando em algumas regiões, ocasionando o inchaço característico das varizes.

corrida e varizes 2 - rep shutterstock - terra

Imagem: Reprodução / Shutterstock / Terra

O principal efeito da corrida na prevenção às varizes é o fortalecimento do músculo da panturrilha, pois ele é o responsável por bombear o sangue de volta, vencendo a gravidade. Além de ativar a função da panturrilha e evitar que o sangue fique parado, o exercício também combate o sedentarismo e a obesidade, fatores que contribuem para o problema.

Durante a corrida, todos os mecanismos para a melhora do retorno venoso estão envolvidos e funcionando de maneira rítmica e eficaz, evitando a estagnação do sangue.  Por isso, a importância da atividade  para o bom fluxo sanguíneo.

Em casos onde as varizes já se instalaram, o ideal é correr usando meias elásticas. No entanto, atletas com insuficiência venosa grave devem ser orientados pelo médico para o prosseguimento nos treinos de corrida. Nesses casos, a hidroginástica e a natação também são boas pedidas, pois a água realiza um empuxo sobre as veias dos membros inferiores, melhorando o retorno venoso.

Vamos nos cuidar, e bora praticar saúde. Feliz Páscoa a todos!

Prof. Pedro Paulo Duarte Souza
Especialista em Treinamento Esportivo pela UFMG
CREF 008002-G/MG, Tel:  (32) 9982-9309
personal.pedro.paulo@gmail.com
* Fontes: Amercian Colege of Sports of Medicine e Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *